Mantendo os cuidadores seguros

As características e recursos dos produtos da Spacelabs podem ajudar a minimizar a entrada desnecessária nos quartos dos pacientes

Minimizar a presença física dos profissionais de saúde na beira de leito auxilia a reduzir o risco para a equipe, reduz o risco de a equipe disseminar infecções aos demais e reduz a necessidade de uso de Equipamento de Proteção Individual (EPI), o que é particularmente importante em tempos de escassez de suprimentos. Com essa finalidade, os especialistas em formação clínica da Spacelabs sugerem as seguintes medidas para aprimorar o fluxo de trabalho e os processos de monitoramento.

Monitoramento na beira de leito
  • Utilize o monitoramento remoto. Os dispositivos de monitoramento de pacientes da Spacelabs são altamente interoperáveis, permitindo o ajuste de parâmetros dos monitores de beira de leito a partir de qualquer monitor remoto conectado à rede. Ao colocar um monitor sem fio fora do quarto em um nicho e utilizar a infraestrutura de conexão sem fio do hospital, o profissional de saúde pode visualizar e controlar remotamente todos os limites de alarme, tendências e arritmias como se estivesse na beira de leito. O suporte técnico da Spacelabs está disponível 24 horas por dia durante os 7 dias da semana para ajudar a solucionar quaisquer problemas que você tenha ao utilizar este recurso.
  • Os monitores Qube e Qube Mini permitem que você transforme qualquer leito em um leito monitorado a nível de UTI, visível a partir de qualquer zona disponível em qualquer monitor de vigilância central. Se equipados com um módulo B de média acuidade, esses monitores realizam a captura de ECG, SpO2, PANI, temperatura e duas pressões invasivas. O módulo C de alta acuidade oferece duas pressões invasivas adicionais e débito cardíaco por termodiluição.
  • Os módulos EtCO2 estão disponíveis para qualquer dispositivo Qube, Qube Mini ou Xprezzon e podem ser utilizados enquanto operam com bateria e durante o transporte.
  • Os monitores de beira de leito Qube são compatíveis com um display secundário sensível ao toque que pode ser implementado em um nicho, permitindo ajustes nos parâmetros, assim como a capacidade de iniciar uma PANI e até de realizar uma admissão a partir do segundo display localizado fora do quarto. O display pode estar a até 5 metros de distância do monitor de beira de leito sem a necessidade de um repetidor. Para distâncias maiores do que 5 metros, pode ser necessário o uso de um repetidor para garantir a qualidade do sinal.
Vigilância corporativa e central
  • Os monitores de vigilância da estação central Xhibit suportam uma interoperabilidade semelhante. Uma série de parâmetros críticos, incluindo ECG, SpO2 e pressão arterial invasiva, podem ser ajustados a partir da estação fora da área do paciente.
  • Acesse as informações através dos computadores e dos dispositivos móveis. Dados de alta resolução e formas de onda retrospectivas dos monitores de beira de leito e de telemetria podem ser acessados em todo o hospital dentro de segundos utilizando o recurso de exibição de beira de leito no Clinical Access em qualquer computador ou dispositivo móvel e em qualquer computador utilizando o software baseado em nuvem SafeNSound da Spacelabs.
  • A arquitetura das soluções de monitoramento de pacientes da Spacelabs permite vigilância remota por todo o hospital, assim como em outros hospitais habilitados pela Spacelabs, independentemente da posição geográfica. Isto pode auxiliar os hospitais a continuar a fornecer cuidados aos pacientes em instalações mais próximas às suas comunidades de origem ao fornecer oportunidades de consulta e de suporte remotos.